Trash the Dress: Você já ouviu falar nessa tendência? | Blog Tati Nezzi

(67) 3562-2956 (64) 99287-2612

Blog

Trash the Dress: Você já ouviu falar nessa tendência?

Uma moda criada nos Estados Unidos e que já tomou conta do Brasil. Se você nunca ouviu falar nessa tendência, você vai entender melhor na sequência do artigo.


O casamento é uma festa envolta de tradições. Mas isso não significa que elas devam ser seguidas à risca. Um exemplo é o famoso ensaio de casamento, onde as fotos normalmente eram feitas em praças e jardins belíssimos.

Entretanto, casais mais autênticos estão buscando cenários cada vez mais inusitados para esse registro histórico. Assim nasceu o “Trash the Dress”, uma moda criada nos Estados Unidos e que já tomou conta do Brasil. Se você nunca ouviu falar nessa tendência, você vai entender melhor na sequência do artigo.

Em tradução livre, trash the dress seria algo como “destruir o vestido” ou “vestido no lixo”. Um termo que pode parecer assustador, mas que na verdade simboliza apenas um ensaio fotográfico diferenciado. A ideia é justamente inovar na escolha do local do ensaio, em cenários onde você jamais imaginou em pisar com um vestido de noiva. Nem que pra isso, portanto, seja preciso sujar o vestido.

É claro que, no Brasil, essa tendência é relativamente adaptada. Isto porque as noivas muitas vezes alugam o vestido, o que impossibilita maiores danos.

Em outros casos, a noiva obviamente também possui um apelo sentimental pelo vestido e prefere guardá-lo. Mas calma: nada disso deve impedi-la de abraçar o trash the dress. Você pode optar por um outro modelo que seja parecido (e mais barato, logicamente) com o original.

 

Onde fazer o trash the dress?

Esta é certamente a primeira dúvida de quem é fisgada pelo conceito. O ideal é que a escolha tenha uma particularidade do casal.

Se você e seu par têm um grande apreço pela natureza, por exemplo, que tal fazer o trash the dress em uma trilha, floresta, praia ou cachoeira? Vale até dar um mergulho com o vestido, sem medo! Se o casal gosta de esportes, nada melhor do que fazer o ensaio em um estádio de futebol ou andando de bicicleta, por exemplo.

A essência desse tipo de sessão é fugir da casinha e eternizar particularidades que signifiquem muito para os pombinhos. Desta forma, também é possível escolher lugares simbólicos como aquele onde deram o primeiro beijo ou aquele em que a noiva disse “sim” para o pedido de casamento.

 

Alegria e romantismo

O comportamento do casal durante as fotos é algo fundamental para a qualidade dos cliques. Quanto mais à vontade estiverem no local escolhido, abraçando a ideia da desconstrução, mais alegria conseguirão transmitir nas fotografias. Por isso, outra dica interessante é que você escolha um local onde se sinta à vontade. Caso contrário, essa insegurança estará explícita nas fotos.

Além da diversão, também é importante que o casal não esqueça do romantismo que os levou a essa união. Nada melhor do que um sorriso apaixonado para transmitir a ideia de felicidade.

Quanto ao profissional responsável pelo trash the dress, o ideal é que você conheça o seu portfólio e até faça sugestões de preferências do casal. No mais, aproveite novamente o gostinho da data mais importante da sua vida e divirta-se!

Gostou das dicas? Para conhecer mais sobre o nosso trabalho, clique aqui e acesse a galeria de fotos!